• Fabricio Leniel

A Publicidade no Litoral Norte Paulista está evoluindo?

Sim, ela está evoluindo, apesar de vários prós e contras. Eu, Bruna Briti, jornalista por formação e publicitária por “vocação”, fundadora da Agência Gentecom de Publicidade há sete anos, em 2007 escrevi o seguinte artigo acadêmico: “A história da Publicidade no Litoral Norte paulista: A iniciativa das agências CBCavalcanti, mídia&art, Image e Art Express”, disponível na internet, numa rápida pesquisa pelo google.

Há exatos 12 anos, eu considerava que a Publicidade no Litoral Norte estava em seu período embrionário, já que as comércios da região tinham começado a fazer propaganda na TV, tendo como pioneiros a Nice Calçados e as Prefeituras. De lá pra cá, muitas mudanças, a começar pelas três agências de publicidade citadas no artigo, que deixaram de existir.

Atualmente, além da Gentecom, YG Marketing e Maré Comunicação, estas duas últimas instaladas em São Sebastião, o litoral conta com vários profissionais formados por faculdades ou pela “vida” em design gráfico, web design e outras que fazem desde cartão de visita até sites e marketing digital.

Os prós é que agora voltamos a ter faculdade de Publicidade e Propaganda. O Centro Universitário Módulo formou uma única turma de pouco mais de 10 publicitários em 2014 (quando eu era coordenadora do curso), e tem pelo menos três turmas engatadas, que vão se formar em 2021, 2022 e 2023, com cerca de 20 a 30 alunos por ano. Atualmente dou aula para estes futuros publicitários, e digo que vem uma leva muito boa por aí, com músicos, designers, fotógrafos, radialistas que atuam na região, e que agora terão até o diploma na área.

Outros prós que comprova o crescimento da Publicidade na região é que estamos conseguindo sobreviver ou viver da Publicidade. Temos lucro (mesmo que baixo, mas ainda assim estamos no azul).

E dentre as mídias que mais dão resultados “imediatos” no Litoral Norte são carro som, panfletagem, impulsionamentos e gestão de mídias sociais (instagram, facebook e youtube, nesta ordem), além das blitz e comerciais em rádios, os portais de notícias e as mídias alternativas (outdoor, busdoor, placas e mobiliários urbanos).

Já os jornais e revistas estão cada vez mais custosos para serem produzidos e diminuindo em tiragens ou mesmo sendo excluídos. Basta constatar que após 17 anos sendo publicada mensalmente, a revista Beach&Co, que tem sede em Bertioga e é distribuída no litoral paulista, deixou de ser mensal este ano, para ter apenas edições comemorativas. Uma pena!

E os contras é que muitos dos grandes comércios e redes de supermercados, shoppings e afins que temos na região, acabam contratando os serviços de agências de São Paulo e Vale do Paraíba, muitas das vezes com produções semelhantes, ou no mesmo “nível” do que as artes publicitárias criadas pelos profissionais e agências “caiçaras”.

Vamos privilegiar nossas agências e crescermos juntos! Assim tenho feito com meus clientes da Gentecom, o Açaí Mix JCR que acaba de lançar a franquia Docas, a Construtora Tabaporã, a Multiclin Caraguá, Via Mundi, Expresso Jornal, etc. É por e para vocês que continuamos trabalhando muito pra fortalecer ainda mais a “nossa publicidade”.


  • Issuu
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook Basic Black
  • Instagram ícone social
  • Preto Ícone YouTube

© Gentecom 2020